Artigos Destacados
0

Hipertensão a “Assassina Silenciosa” – Quais sãos os Riscos de se ter Pressão Alta?

pressao-alta

Pessoas podem sofrer durante décadas de problemas de saúde crônicos sem sentir diretamente os seus efeitos. A pressão alta é considerada pelos médicos como uma assassina silenciosa, porque é possível que a pessoa sofra desse mal durante anos sem ter consciência disso, até se ver completamente debilitada por um ataque cardíaco ou um acidente vascular cerebral. O fato de estar se sentindo aparentemente bem não deve impedir você de procurar seu medico clinico pelo menos uma vez por ano para fazer um exame completo. Sua saúde deve estar relacionada ao seu bem-estar a longo prazo e não apenas a como você se sente hoje.

hipertensao-assassina-silenciosaAo trabalhar para hospitais e departamentos médicos, Scott Evans desenvolveu sua carreira profissional esforçando-se para que as pessoas compreendessem a importância de se controlar a pressão alta.

Sempre que tem oportunidade, ele fala sobre o assunto. ”Um em cada quatro americanos sobre de hipertensão, e você pode ser um deles. Esse mal mata cerca de cinquenta mil pessoas nos EUA por ano e contribui para um numero cinco vezes maior de mortes”

Scott explica que quanto mais se demora em tratar do problema, mas sérias serão as complicações. “Não há sintomas claros, e quase um terço dos cinquenta milhões de americanos que sofrem de pressão alta sequer sabe disso. É por isso que esse mal é considerado um assassino silencioso”.

Scott acrescenta: “Exceto em alguns casos raros, os médicos não sabem o que provoca a pressão alta. No entanto, ela pode ser constatada com facilidade e, geralmente , pode ser controlada. Mas a púnica maneira de saber que você sobre de hipertensão é fazendo um exame apropriado.

Ele explica que a pressão em seu nível normal mantém o sangue circulando pelo corpo. “Se o sangue não circular, órgão vitais , como o coração, os rins e o cérebro, não podem obter oxigênio e os suprimentos de que necessitam para funcionar. Essa falta de oxigênio e de outras substancias é que causa um ataque cardíaco, a falência de órgãos como os rins, os derrames, a cegueira e outras consequências. Então é importante manter-se informado a respeito da sua pressão e de como mantê-la num nível saudável”.

Uma pesquisa da Universidade da Carolina do Sul descobriu que oitenta por cento das pessoas que sofrem de hipertensão não estavam recebendo tratamento recomendado para o seu estado, o que dobra a probabilidade de um acidente vascular cerebral, de um ataque do coração e de uma parada cardíaca.

0

Excesso de vitaminas pode prejudicar sua saúde!

Se vitaminas são benéficas, estão quanto mais vitaminas ingerirmos melhor, certo? As coisas não funcionam bem assim. Em alguns casos a dosagem recomendada de uma vitamina já e a quantidade máxima que nosso corpo é capaz de processar. Em outros, tomar uma dose maior do que a indicada pode ser prejudicial. Você deve ser certificar de que seu corpo recebe as vitaminas e os sais minerais de que os seres humanos necessitam, mas deve resistir aos apelos que levam ao consumo excessivo de “supervitaminas”.

perigos-das-vitaminasTomar muitas vitaminas faz mal a saúde?

“Tomar uma quantidade excessiva de uma vitamina ou de um sal mineral pode ser tão perigoso como se privar totalmente desses nutrientes”, diz a Dra. Beverly Mc Cabe-Sellers, professora de nutrição na Escola de Medicina da Universidade de Arkansas. Ela chama a atenção para a importância do mais recente alerta lançado pelo instituto de Medicina, uma organização sem fins lucrativos, associada à Academia Nacional de Ciências, que há décadas tem sido a referência nas discussões sobre a quantidade de cada nutriente de que uma pessoa realmente precisa. “No ultimo de uma serie de Relatórios atualizando informações sobre o valor dos nutrientes para os seres humanos, o instituto estabelece os limites – as quantidades máximas que um individuo pode ingerir sem o risco de sérios danos à sua saúde – para substancias como vitamina A, cobre, ferro, manganês e zinco”, observa a Dra. McCabe-Sellers.

Ela acredita que o relatório precisa ser plenamente difundido entre os consumidores, porque já se cansou de testemunhar casos de vitimas de “superdosagens” de suplementos vitamínicos que tomaram cinco ou até dez vezes mais do que a quantidade recomendada para determinado nutriente.

“Embora os homens necessitem de novecentos microgramas de vitamina A por dia, e as mulheres de setecentos microgramas, alguns suplementos oferecem até sete mil e quinhentos microgramas numa única dose. Isso é mais do que o dobro do índice que a Academia Nacional de Ciências considera uma perigosa superdosagem.”

A Dra. McCabe-Sellers acrescenta: “Definitivamente, essa é uma das situações em que o excesso de uma coisa boa se torna prejudicial.

Médicos do Instituto Dana-Farber de Câncer, em Boston, chegaram a conclusão de que as pessoas que sofrem de câncer e vão além da dosagem diária recomendada de vitaminas e sais minerais podem agravar efeitos da doença e ver reduzida a eficiência das terapias convencionais de combate ao câncer.

0

É mais fácil manter-se saudável quando os que estão à sua volta seguem o exemplo

Ainda que tenhamos a capacidade de tomar decisões por conta própria, frequentemente nos deixamos influenciar pelas pessoas à nossa volta. Se vemos as pessoas de nossa família, os amigos e vizinhos fazendo longas caminhadas ou correndo, é mais provável que também participemos dessas atividades. Ao contrario, se as pessoas do nosso meio cultivam hábitos pouco saudáveis, as chances de negligenciar  nossa saúde tornam-se maiores. Preste atenção aos exemplos positivos ao seu redor, e, se não houver nenhum, tome consciência de que você terá de ser o primeiro a dar o exemplo.

Estilo de vida saudávelOs membros daquela família tinham o costume de ficar sentados juntos. Chris e Tereza, um casal na faixa dos quarenta, com um filho de dez anos, Daniel, resolveu romper a inércia e começar a fazer exercícios. As motivações eram diferentes,  mas a insatisfação era igual. Chris estava preocupado com a sua perda de energia e com uma gordura que se acumulava na cintura; Teresa queria resolver um problema crônico de coluna, e Daniel percebeu que, se não se exercitasse, deixaria de participar das competições esportivas da escola. Um dia, durante o jantar, conversaram sobre isso e, em vez de se sentarem em frente da televisão como faziam todas as noites, saíram juntos para dar uma caminhada, inauguraram assim uma pratica em que um estimula o outro.

Agora eles vão juntos para  a academia pelo menos duas vezes por semana. Chris prefere correr na esteira. Tereza faz natação e Daniel integra um time de futebol mirim. A caminhada depois do jantar tornou-se uma obrigação prazerosa, e a alimentação da família passou a considerar critérios mais saudáveis.

“Fazer exercícios juntos da outro animo!”, diz Tereza. “Sozinha, não me sentiria suficientemente motivada e acabaria desistindo”. Mas agora isso se tornou um projeto familiar. Somos uma equipe, e  o estimulo esta sempre presente.”

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Minesota, pessoas que descreveram seus amigos e vizinhos como indivíduos que faziam exercícios e adotavam uma alimentação saudável tinham dezenove por cento mais chances de se alimentar de maneira mais correta e praticar exercícios;

Seleções do Autor
Últimos Destaques
123...1020...>>