Artigos Destacados
0

Como tratar machucados e pequenos cortes!

Como fazer um curativocorte pequeno

  1. Se possível, lave bem as mãos com água e sabão.
  2. lave também a parte machucada com  água e sabão, removendo eventuais sujeiras, como terra, graxa, caco de vidro e etc.
  3. Se estiver saindo sangue faça uma compressa com um pedaço de gaze ou um pano limpo até que o sangramento pare
  4. Seque bem o ferimento com uma gaze ou um algodão
  5. Cubra o local com gaze esterilizada, um band-aid ou micropore.

O que não se deve fazer

  1. Nunca use pomadas, pastas, óleos e nenhum tipo de pó em feridas abertas.
  2. Não use sabonetes muito abrasivos, muito menos detergentes ou sabão em pó. Prefira sabão neutro, se possível, até porque é o que provoca menos ardor.
  3. Água oxigenada piora a lesão, já que também afeta o tecido que está saudável, aumentando a área comprometida.
  4. Pesquisas cientificas, mostram que aqueles velhos remédios para machucados não funcionam. Prefira a dupla água e sabão.
  5. Se houver perfuração com uma lamina ou um prego, nunca tente retirar o objetivo. Além de romper mais ainda o tecido, isso aumentara o sangramento. Deixe que o médico habilitado se encarregue da tarefa.

Atenção!

  • Se o corte foi mais profundo, depois de realizar os procedimentos descritos aqui, procure um serviço médico para um tratamento mais adequado.
  • O curativo deve ser trocado a cada vez que a pessoa for tomar banho. Nessa hora, aproveite para observar se estar cicatrizando. Caso não aja melhora, procure orientação médica.
  • Mantenha o local do ferimento sempre limpo a seco. A umidade dificulta a cicatrização. Aumento da dor, inchaço, vermelhidão  e secreção são sinais de inflamação. Mesmo pequeno, aquele corte pode estar infectado. Procure um serviço médico.
  • Se for ferido por um objeto de ferro ou uma mordida de animal, vá ao posto de saúde  para avaliar a necessidade de vacina, como a antitetânica.

Dica: Hemofílicos e pessoas com dificuldade de coagulação devem procurar atendimento médico rapidamente mesmo que o corte seja pequeno.

Cortes com sangramento

  • Se o ferimento for nas pernas ou nos braços, mantenha-os acima ou na linha do coração.
  • Em caso de sangramentos nasais, clique aqui!
  • No caminho para o hospital, tente manter a pessoa acordada.
  • Se a compressão não for suficiente para estancar o sangramento, procure um pronto socorro.
  • Comprima o local com uma gaze esterilizada ou um pano limpo até parar a hemorragia.

Dica: Se há uma lesão grande no tórax, na cabeça ou no pescoço, corra para o pronto-socorro.

Como estancar um sangramento

  • Quando você aperta ligeiramente uma área machucada que está sangrando muito, essa compressão favorece a coagulação sanguínea e tampa os vasos abertos
  • Proteja sua mão e, com uma gaze esterilizada ou um pano limpo, pressione o ferimento levemente.
  • Se notar que as extremidades ficaram arroxeadas, é sinal de que você está apertando demais, impedindo a circulação. Solte ligeiramente
  • Mantenha a compressão até que o sangramento pare. Se isso não for suficiente, procure um serviço médico.
1

Sangramento nasal – O que se deve fazer!

Sangramento nasalHipertensão, inflamações no nariz, tempo seco demais e outros fatores podem levar ao sangramento nasal.

O susto é desagradável, mas a situação não é nada emergencial na maioria das vezes. Apenas quando a hemorragia persiste é preciso procurar ajuda.

O que se deve fazer em casos de sangramento nasal!

  1. Deixe a pessoa tranquila e sente-a numa cadeira
  2. Incline a sua cabeça para a frente, evitando que o sangue vá para a garganta e seja engolido ou aspirado para o pulmão.
  3. Comprima a narina que sangra para facilitar a coagulação.
  4. Aplique gelo no local.
  5. Depois de alguns minutos, afrouxe a pressão vagarosamente.
  6. Peça que ela assoe o nariz com muita delicadeza.
  7. Se a hemorragia persistir, volte a comprimir a narina. Se passado um tempo, continuar sangrando, procure socorro médico.
  8. Se o problema for recorrente, também vale visitar o médico para que ele investigue a causa

Atenção!

  • Não coloque nada dentro da narina sem orientação médica.
  • Não tome nem pingue nenhum medicamento sem falar com um médico
  • Assoar o nariz com força aumenta a hemorragia
  • Evite colocar a cabeça para trás, ou o sangue poderá ser aspirado para o pulmão.

Por que o nariz sangra?

Entenda o que acontece dentro da cavidade nasal quando o clima está muito seco.

  1. A região do nariz é cheia de pequenos vasos sanguíneos.
  2. Quando o ar está seco, a parede destes vasos perde água. A desidratação interna torna os vasos mais finos e frágeis.
  3. Assim, qualquer trauma – até mesmo um simples espirro ou um gesto como coçar o nariz – pode romper um ou mais vasos. E então o sangue extravasa.

sangramento-nasal

0

Os riscos do bronzeamento artificial!

A exposição ao sol é perigosa e é uma das principais causas do câncer de pele. No entanto, a luz natural do sol é muito menos perigosa do que os banhos de sol artificiais. No texto abaixo você conhecerá um pouco sobre os riscos do bronzeamento artificial!

Riscos do Bronzeamento Artificial!

Gayle, segundo ela mesma admite, sempre foi uma adorada do sol. No verão podia ser encontrada na praia, e no inverno costumava tomar banhos de sol artificiais até cinco vezes por semana.

“Eu era morena. Era muito, muito morena”, diz Gayle. “hoje eu olho para trás e digo “quanta vaidade”. A radical mudança de ponto de vista ocorreu depois que Gayle fez um check-up e recebeu ás noticias.

Gayle já ia sair do consultório médico, onde fizera seu exame de rotina, quando lhe ocorreu mostra ao clinico um sinal no alto da perna direita. O médico foi enfático ao mandar que Gayle procurasse um dermatologista. Imediatamente.

Gayle estava sentada à sua mesa de trabalho quando recebeu o resultado da biópsia feita no dia anterior. “O doutor me ligou e disse que, além de maligno, já estava bastante adiantado”, recorda-se Gayle. “Foi como se o mundo desabasse sobre minha cabeça.”

Gayle estava com um melanoma no estágio III, o que significava um melanoma relativamente espesso que tinha se espalhado pelos nódulos linfáticos. Naquele momento, Gayle deu o primeiro passo num caminho que a levaria a duas cirurgias, à remoção de quinze nódulos linfáticos do lado direito do corpo e a um período torturante durante o qual não sabia se iria sobreviver.

Tentando preparar-se para o pior, Gayle teve que enfrentar essa nova realidade. “Chorei muito”, ela conta. “não conseguia admitir o fato. Pensava que aquilo não podia estar acontecendo comigo. Achei difícil acreditar, porque eu parecia muito saudável”.

Felizmente sua doença foi detectada a tempo, e os médicos finalmente lhe deram um atestado de perfeita saúde. “Fui tão fútil e estúpida”, diz Gayle a respeito dos dias em que passou deitada em câmaras de bronzeamento artificial. “Uma coisa que o câncer fez por mim foi me ajudar a entender que o resto da minha vida não vai ser dedicado a coisas estúpidas.”

Médicos da Escola de Medicina do Hospital Mount Sinai, em Nova York, descobriram que câmaras de bronzeamento expõem o corpo a concentrações entre dez a quinze vezes mais altas de raios ultravioleta do que as radiações encontradas na luz natural do sol

Seleções do Autor
Últimos Destaques
123...1020...>>