Cuidados com olheiras e bolsas palpebrais

Fonte: Hairbrasil.com

Uma das queixas mais frequentes em clínicas dermatológicas e estéticas é com relação à área dos olhos, a primeira a mostrar sinais de envelhecimento.

E dois dos problemas mais comuns são as olheiras e as bolsas palpebrais, que foram temas na palestra da dermatologista Dra. Shirlei Borelli e das esteticistas Sandra Seabra e Maria de Cássia de Oliveira, no Congresso Internacional de Estética Aplicada.

Segundo Dra. Shirlei Borelli, as olheiras geralmente são caracterizadas por depósito de pigmento ou comprometimento da vascularização na área. O fator genético pode também ser causa e há os fatores desencadeadores, como poucas horas de sono, menstruação, estresse e tristeza. O tratamento pode ser clínico, ambulatorial ou cirúrgico.

Ela explicou que o tratamento clínico pode ser feito com substâncias clareadoras, sendo as mais utilizadas a vitamina K1, Ginkobiloba, ácido retinóico, ácido glicólico, vitamina C, DMAE, Tensine rafermine e Matrixil. Também podem ser utilizadas substâncias descongestivas ou naturais, além do uso de fotoproteção e evitar os fatores desencadeadores.

O tratamento ambulatorial é feito através de Laser de Rubi, Laser de Nd Yag, Luz Pulsada, Peelings ou Drenagem Linfática Manual. O tratamento cirúrgico é realizado com ressecção da pele alterada.

Já as bolsas palpebrais, de acordo com Dra. Shirlei, podem ser tratadas de forma clínica, com intradermoterapia e técnica transconjuntival. As substâncias dermatológicas mais usadas são Ginkobiloba e vitamina C.

“A técnica transconjuntival é utilizada quando não precisa retirar o excesso de pele. O pós-operatório é simples com dois ou três dias de edema ou hematoma, mas traz resultados satisfatórios”, afirmou.

Cuidados

As esteticistas Sandra Seabra e Maria de Cássia de Oliveira fizeram uma demonstração prático-teórica dos cuidados pré e pós-operatório em intervenções cirúrgicas para correção de olheiras e bolsas palpebrais. Confira os procedimentos:

• Três meses antes: ginástica facial para acomodar o tecido e atenuar linhas.

• Dois meses antes: drenagem linfática manual, microcorrentes e hidratação.

• Um mês antes: ginástica facial, limpeza de pele manual, microcorrentes e hidratação.

• Do 7º ao 30º dia pós-cirurgia: higienização da face com soro fisiológico sem retirar crostas; drenagem linfática manual usando complexo de óleos essencias apenas no dorso das mãos; digitopressão em pontos energéticos que auxiliam na circulação; compressas com soro fisiológico resfriado; e filtro solar recomendado pelo médico.

 

Cuidados com olheiras e bolsas palpebrais

Uma ideia sobre “Cuidados com olheiras e bolsas palpebrais

  • março 22, 2010 em 6:51 pm
    Permalink

    ola tenho MUITA OLHEIRA O QUE DEVO FAZER RAPITO E BARATO OBRIGADO,,,,BJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *