Dor aguda em torno do umbigo, acompanhada de náuseas e eventualmente vômitos. Horas depois, a dor migra para a parte direita inferior do abdômen, há febre e perda de apetite. Pode ser difícil para pessoa mexer a pena direita e até respirar profundamente. Eis uma típica crise de apendicite, a inflamação do apêndice.

Mas atenção: até médicos especializados precisam de uma série de exames para distinguir uma crise de apendicite de ouras doenças, como infecção urinária, inflamações de órgão reprodutivos femininos e outros problemas inflamatórios – ou mesmo uma diarreia aguda.

Quando é realmente caso de apendicite, se o órgão inflamado não for tratado rapidamente seu tecido irá se deteriorar, desencadeando uma reação severa, que leva á formação de uma secreção espessa. O quadro se agrava ainda mais se esse pus se disseminar pelo resto dos órgãos da região abdominal. Essa é uma situação que precisa de cuidados imediatos – ou poderá causa a morte.

Atenção!

  • Se a vitima não for operada em algumas horas a partir do início da crise, o quadro se torna muito grave. Portanto, se você tem a mínima suspeita de que é uma apendicite, leve-a ao pronto-socorro.
  • Nunca dê laxantes, achando que a dor pode ser uma prisão de ventre. Isso mascara sintomas importantes e ainda aumenta o risco de rompimento do apêndice inflamado
  • Também não dê antiinflamatórios ou analgésicos, pois a avaliação médica ficará prejudicada.

O que se deve fazer

  1. Leve a pessoa imediatamente ao pronto-socorro
  2. Se for confirmado o diagnostico, o apêndice será retirado cirurgicamente. É uma operação rápida e simples, que hoje em dia pode ser feita por videolaparoscopia, ou seja , por meio de um corte mínimo no abdômen

Isto é um apêndice

Apendicite

Há muita controvérsia sobre o que causa a inflamação dessa estrutura anexa ao intestino grosso

  1. O apêndice é responsável pela produção de células que combatem as doenças inflamatórias. Ele se comunica com o intestino por meio de um pequeno canal, que às vezes pode ficar obstruído por um bloco de fezes – essa é uma das possíveis detonadoras da apendicite. Problemas imunológicos ou torções que impeçam o fluxo sanguíneo às vezes também estão por trás da crise.
O que é apendicite e quais os seus sintomas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *