O que é uma Vida Saudável?

Vida Saudável e qualidade de vida

Freqüentemente ouvimos falar em vida saudável, viver com saúde, que é importante cuidarmos da nossa saúde, e há um grande enfoque da mídia e uma preocupação também entre os profissionais de saúde sobre o assunto, segundo SABA, em 1940 a Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu Saúde como “um estado de completo bem estar físico, mental, social e espiritual, e não somente a ausência de doenças ou enfermidades”.

O conceito atual de saúde é, portanto, mais abrangente, holístico, e até mais rigoroso, não se espera mais que uma doença se manifeste para que as providências curativas sejam tomadas, ser saudável no século XXI, tornou-se incomum, ainda quem não manifesta  nenhum sistema especifico de doença grave, uma pessoa pode não ser considerada saudável se não estiver na sua mais plena capacidade de produzir e exercer suas atividades diárias, buscar saúde hoje não significa apenas evitar a morte, mas principalmente aproveitar a vida com total disposição.

Sabemos que o comportamento das pessoas reflete benéfica ou maleficamente nos seus sentimentos e no seu organismo, na vida que levamos com certeza não é fácil dirigir as nossas ações para o bem e para o mais saudável. SABA, em seu livro Mexa-se, nos coloca que o estilo de vida de homem do século XXI conspira contra sua saúde, é a correria, é a falta de tempo, são os compromissos em horários impróprios, é o acumulo de atividades e muitas vezes desde a infância.

Para muitos o cotidiano é sem dúvida bastante cansativo e esgotante, o que resulta no final do expediente numa preguiça, canseira incontrolável que podemos colocar a culpa na tecnologia, afinal é o controle remoto da TV que nos mantém presos no sofá; é o carro sempre à mão que não nos deixa caminhar; são os alimentos industrializados cada vez mais fáceis de preparar e de comer, com embalagens cada vez mais práticas com gorduras a mais, vitaminas a menos e aditivos químicos nocivos ao organismo, desviando-nos dos nutrientes importantes que a natureza em uma alimentação balanceada proporciona.

E há ainda os vícios, os inimigos da nossa vontade de viver com saúde, o fumo, o álcool as drogas dos mais variados tipos que existem à disposição de qualquer pessoa, e interferem no bom funcionamento do corpo e da mente desestabilizam o estado que se pode chamar de saúde.
Mas não é difícil ser saudável e ter qualidade de vida, isto só requer uma boa dose de determinação, optar pelo que faz bem; manter o corpo ativo, exercitar-se regularmente, alimentar-se de acordo com o que o corpo precisa, controlar o peso e as composições corporais, dormir bem; não fumar e não usar drogas.

Isto é suficiente para prevenir doenças, mas combinadas compõem um estilo de vida que resulta num círculo de bem–estar e longevidade; são hábitos que ajudam o corpo, a mente e o espírito a ficarem alerta quando precisarem ficar alertas e a relaxarem quando for necessário relaxar. São hábitos que facilitam o bom funcionamento do nosso organismo.

A atividade física regular é a “chacoalhada” geral no corpo que queima calorias, controlando o peso corporal e reduzindo riscos de doenças cardíacas, câncer e diabetes, além de funcionar como instrumento positivo de controle ao estresse. Os benefícios do exercício físico ainda se estendem ao estado emocional melhorando a aparência física e obtendo maior disposição para a realização das tarefas diárias, e é claro tudo
isso combinado a uma boa alimentação equilibrando todos os grupos alimentares.

A adoção de um modo de pensar e de um estilo de vida saudável podem gerar grandes mudanças estruturais, pois essas acontecem a partir das pequenas mudanças comportamentais, e ao contrário do que algumas pessoas ainda possam achar, um estilo de vida saudável não substitui prazeres por dissabores.