A exposição ao sol é perigosa e é uma das principais causas do câncer de pele. No entanto, a luz natural do sol é muito menos perigosa do que os banhos de sol artificiais. No texto abaixo você conhecerá um pouco sobre os riscos do bronzeamento artificial!

Riscos do Bronzeamento Artificial!

Gayle, segundo ela mesma admite, sempre foi uma adorada do sol. No verão podia ser encontrada na praia, e no inverno costumava tomar banhos de sol artificiais até cinco vezes por semana.

“Eu era morena. Era muito, muito morena”, diz Gayle. “hoje eu olho para trás e digo “quanta vaidade”. A radical mudança de ponto de vista ocorreu depois que Gayle fez um check-up e recebeu ás noticias.

Gayle já ia sair do consultório médico, onde fizera seu exame de rotina, quando lhe ocorreu mostra ao clinico um sinal no alto da perna direita. O médico foi enfático ao mandar que Gayle procurasse um dermatologista. Imediatamente.

Gayle estava sentada à sua mesa de trabalho quando recebeu o resultado da biópsia feita no dia anterior. “O doutor me ligou e disse que, além de maligno, já estava bastante adiantado”, recorda-se Gayle. “Foi como se o mundo desabasse sobre minha cabeça.”

Gayle estava com um melanoma no estágio III, o que significava um melanoma relativamente espesso que tinha se espalhado pelos nódulos linfáticos. Naquele momento, Gayle deu o primeiro passo num caminho que a levaria a duas cirurgias, à remoção de quinze nódulos linfáticos do lado direito do corpo e a um período torturante durante o qual não sabia se iria sobreviver.

Tentando preparar-se para o pior, Gayle teve que enfrentar essa nova realidade. “Chorei muito”, ela conta. “não conseguia admitir o fato. Pensava que aquilo não podia estar acontecendo comigo. Achei difícil acreditar, porque eu parecia muito saudável”.

Felizmente sua doença foi detectada a tempo, e os médicos finalmente lhe deram um atestado de perfeita saúde. “Fui tão fútil e estúpida”, diz Gayle a respeito dos dias em que passou deitada em câmaras de bronzeamento artificial. “Uma coisa que o câncer fez por mim foi me ajudar a entender que o resto da minha vida não vai ser dedicado a coisas estúpidas.”

Médicos da Escola de Medicina do Hospital Mount Sinai, em Nova York, descobriram que câmaras de bronzeamento expõem o corpo a concentrações entre dez a quinze vezes mais altas de raios ultravioleta do que as radiações encontradas na luz natural do sol

Os riscos do bronzeamento artificial!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *