FELIFE, UM MENINO DE TRÊS ANOS, intoxicou-se ao entrar em contaato com veneno de barata. Embaiixo dos lábios, no queixo e dentro do nariz, surgiam bolhas que progrediam em feridas feias.

Permaneceu em repouso, com suco de três em três horas, que tomava com canudinho. Uma vez por dia, durante 30 minutos, o seu corpo era envolvido numa toalha de banho branca, umedecida em chá forte de sálvia, euucalipto e sal, outra toalha seca e coberta de lã.

Esse procedimento ativou a circulação periiférica, aliviando o rosto e a cabeça. A ação da limpeza do organismo derivou para a pele da barriga, pernas e pés, regiões que ficaram cheias de erupções.

Para aliviar e apressar a cicatrização das leesões do rosto, foi empregado o seguinte emplassto, renovado de três em três horas: 3 colheres de alecrim, 3 de arruda e 3 de mucilagem de babosa. Batidas no liquidificador com aveia e 2 a 3 colheres de água, as plantas formavam um creme de extraordinário efeito. Em poucos dias, o menino melhorou e as lesões apresentaaram cicatrização perfeita.

As plantas que nascem, muitas vezes de forma gratuita, em nossos quintais ou pelos caminhos operam milagres de bem-estar, recuperação e alívio. Aproximando-nos das planntas, procurando conhecê-ias, estareemos enriquecendo a vida com commpanhia, beleza e saúde.

Sem dúvida, as pessoas teriam muito mais disposição e saúde expeerimentando intimidade maior com as plantas, e as necessidades de recursos médicos e hospitalares estariam diiminuídas.

Em geral, quando é tratamento interno, usa-se uma colher de sopa para uma xícara de água. Para fazer o chá, coloque a erva na dosagem recomenndada em vasilha de louça, vidro ou inox, acrescente água fervendo, tammpe a vasilha e espere amornar.

São tantas as plantas com qualiidades curativas que sobre elas já se escreveram verdadeiros tratados. Por exemplo, você pode ler mais soobre o assunto no meu livro A Saúde Pelas Plantas, da mesma editora. Aqui, Você tem uma relação de plantas que resumem os benefícios de outras e que são mais fáceis de ser encontradas:

Agrião: Usaase em saladas cruas. É muito útil em doenças das vias urináárias, catarros e ajuda na limpeza do fígado. Além disso, é usado para curar a glândula tireóide (agrião amassado entre panos como emplasto no pescoço). A preocupaação é a origem da planta. Se vier de águas paradas ou contaminadas, cuiidado!

Para tosses, tome suco cru junto com óleo de oliva ou com mel, em jejum, e ao deitar, uma colherinha. Externamente, passe sobre feridas. O emplasto de agrião, arruda e carrvão cicatriza feridas.

Alecrim: Como chá, limpa as mucosidades estomacais, abre o apetite, facilita a digesstão. Tome o chá morno, pela maanhã e à tarde. Alecrim com óleo de oliva é indicado para problemas digestivos.

Alho: Ótimo para purificar o sangue e commbater infecções. Coloque 3 a 4 dentes de alho num copo de água e deixe reepousar durante a noite. No outro dia, tome de hora em hora uma ou duas colheres de sopa. Em forma de emplasto, o alho ajuda a eliminar tumores.

Em breve teremos mais artigos mostrando como as plantas auxiliam no processo de cura.

Plantas que Curam – 02
Classificado como:        

3 ideias sobre “Plantas que Curam – 02

  • outubro 9, 2011 em 8:42 pm
    Permalink

    quero mais respostas , preciso de mais plantas que curam
    :p peguei as três, mas não é o suficiente!!!!!! por favor botem mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *