Fonte da foto: Correio Gourmand

Sais minerais – Zinco

Fontes de zinco – Os moluscos, a carne, os legumes e os frutos secos.

Ação do zinco – Entra na constituição de numerosas enzimas

O zinco entra na constituição de numerosas enzimas que catalisam importantes reações no nosso organismo. Está localizado principalmente no ossos, na pele, na próstata e nos tecidos do olho. Está presente igualmente no leite, e a sua concentração nos músculos varia em função da atividade destes. A sua absorção, que se desenrola sobretudo no intestino delgado, parece ser facilitada pelas proteínas enquanto é inibida por certas substâncias presentes nos legumes. Esta inibição poderia estar na origem de carências observadas em certos países do Médio-Oriente, nas populações que consomem principalmente cereais integrais.

Uma insuficiência em zinco está na origem de:

  • Um crescimento deficiente;
  • Uma cicatrização defeituosa de ferimentos;
  • Uma pele áspera;
  • Uma sensibilidade às infecções.

No Ocidente, onde a alimentação suficientemente variada e equilibrada assegura uma boa contribuição em zinco, associa-se geralmente a sua deficiência a uma má assimilação ou uma eliminação urinária excessiva.

Os alimentos mais ricos em zinco são: a carne (de porco em particular), os moluscos, os legumes e os frutos secos. Os cereais, naturalmente bastante ricos em zinco, perdem-no em grande parte durante a moagem e a refinação. Assim, a farinha e os seus derivados só possuem quantidades limitadas.

Fonte: Livro Vitaminas e Sais Minerais

Sais minerais – Zinco
Classificado como:                                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *